Crianças de seis meses a menores de cinco anos também serão vacinadas contra a gripe

vacina_gripe

Pais e mães de crianças menores de cinco anos ganharão mais uma ajuda no combate à gripe. O Ministério da Saúde ampliou a faixa etária do público alvo da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe este ano para crianças de seis meses até os menores de cinco anos. No ano passado, era até os menores de dois anos. Um dos motivos dessa ampliação foi que, em 2013, a taxa de internação por gripe de crianças menores de cinco anos se igualou a dos idosos. A campanha nacional de vacinação contra a gripe 2014 será realizada de 22 de abril a 9 de maio, sendo 26 o dia de mobilização nacional.

Mãe de duas meninas, uma de 1 ano e três meses e outra de quatro anos, Christiane Leite Caldas está com as duas filhas gripadas no momento. Por ser alérgica, a filha mais velha costuma gripar bastante. “Manuela já está na escola. A partir do momento que você coloca seu filho na escola a criançada já compartilha o vírus. E a Isadora, que é a menor, acaba pegando com a irmã”, comenta. Ela ressalta que a mudança brusca de temperatura, comum com a aproximação do inverso, acaba trazendo a gripe para as filhas.

“A extensão da faixa etária para os menores de cinco anos tem como finalidade reduzir casos graves e óbitos”, ressaltou o ministro da Saúde, Arthur Chioro. Segundo o ministro, a vacinação desta faixa etária beneficia tanto a criança que recebe a vacina, como também os grupos mais vulneráveis que convivem com ela. A mãe de Isadora e Manuela, Christiane Caldas, pretende levar as duas para vacinar. “E eu acredito na vacina, acho que é eficaz e tem que tomar sim”, completa.

Além das crianças de seis meses a menores de cinco anos, integram o público-alvo da campanha de vacinação as pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional. As pessoas portadoras de doenças crônicas não-transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais também devem se vacinar.

Jarbas Barbosa, secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, explicou porque o Ministério ampliou o público da vacina e dá algumas dicas de como prevenir da gripe:

Segurança – A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS). Esta definição também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe. Estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza.

 Fonte: Blog da Saúde

 

Related posts

Datas importantes de julho

DATAS IMPORTANTES DE JULHO DE 2021 12/7 a 16/7: A escola estará fechada. Nossa equipe estará em licença; 12/7 a 23/7: Férias escolares; 22/7 e 23/7: Atividades Pedagógicas; 26/7: Início das aulas para Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II e Período Integral. DATA DE ABERTURA DO PROCESSO DE REMATRÍCULA DE 2022 Atenção para

Leia Mais

Sabor de São João

É tempo de Festa Junina e um alimento que não pode faltar é o pinhão. Essa legítima semente brasileira se tornou uma das melhores companhias para os dias frios do ano. Apreciado por muitos, ela contém uma mistura de ingredientes que dão o clima das festas juninas além de saciar a fome e trazer

Leia Mais