Nesse mês disponibilizamos 10 novas resenhas literárias.

Confiram!

 

A DENTADURA DO SEU MOKÓ – Thiago Lopes

dentaduradoseumoko

Seu Mokó levantou cedinho e foi ao banheiro, com bengala e dentadura na mão. Mas o que o velhinho não imaginava era o que viria depois , tudo por causa de um momento de distração! Xiii… O que será que aconteceu?

UM SACI PASSOU POR AQUI – Monica Stahel

SACI

O saci talvez seja a figura mais conhecida e curtida do folclore brasileiro. Tanto já se falou, tanto se cantou, tanto se escreveu sobre ele, e o assunto não se esgota, o moleque continua fazendo estripulias e inspirando histórias. Neste livro, dirigido aos pequenos, texto e ilustração dialogam, apresentando o personagem e contando o que aconteceu naquela casinha na curva do caminho, onde moram a dona Glória e o seu Agostinho, por onde um dia passou um saci.

A LENDA DA NOITE – Blandina Franco

A LENDA DA NOITE

A vó Betica é uma contadora de histórias que conhece todas as lendas dos índios brasileiros. Ela vive em uma comunidade ribeirinha do Norte do Brasil e sua história começa muito antes de ela ser avó. Começa com a história da avó dela…
Contam que a avó da Vó Betica foi a índia mais bonita da sua aldeia e que, muito tempo atrás, ela viveu uma história de amor com um homem branco que um dia passou por lá. Foi uma história de amor que podia ter virado uma lenda, daquelas em que o casal que se ama é perseguido pelos guerreiros da tribo ou acaba virando planta, transformado por Tupã. Mas a história de amor deles teve outro fim. Eles se casaram, foram felizes, tiveram muitos filhos e foram viver nessa comunidade ribeirinha onde ele abriu uma venda e ela contava histórias para as crianças, sentada debaixo de uma árvore que ficava bem em frente da venda deles.

E a Vó Betica cresceu que nem fruto dessa árvore, ouvindo sua avó contar as lendas de seu povo e, quando virou avó, passou a contar essas mesmas histórias para a sua neta, que jura de pé junto que ela é a maior, e melhor, e mais poderosa contadora de lendas dos índios brasileiros que existe.

Você não acredita? Então, senta e escuta!

O LIVRO DOS CHÁS – Renata Bueno

O_LIVRO_DOS_CHAS

Aceita um chá? Tem chá que protege a careca, mais conhecido como chapéu; e tem chá para beber com bastante gente – é o chafariz. As rimas criativas fazem do livro uma grande poesia engraçada e cheia de aprendizado. As ilustrações valem um olhar mais atento: como colagens, embalagens de chá assumem formas variadas (um charuto, um chalé), todas “penduradas” pela cordinha dos saquinhos de chá. Uma leitura tão gostosa quanto uma xícara de chá quentinho!

ELMER E A BORBOLETA – David Mckee

ELMER

Elmer é um elefante xadrez, personagem risonho e terno criado pelo fantástico ilustrador inglês David McKee. Este livro conta a história do dia em que Elmer tira uma borboleta de apuros e, mais tarde, recebe sua ajuda também. Mas como será que uma borboleta pode ajudar um elefante?

O CROCODILO E O DENTISTA – Taro Gomi

crocodiloeodentista

O crocodilo não queria parar de brincar, mas precisa se cuidar: está com dor de dente!  No consultório, dentista e crocodilo se trombam, com medo e respeito. O que um diz, o outro repete. Como será que vão se sair?

O VOO DE VADINHO –  Álvaro Faleiros

O VOO

Faleiros conta um dia na vida do vagalume Vadinho, que começa assim:

“Vadinho desperta sempre devagarinho
E quando o dia vem…

Recomeça o seu caminho

Sem saber ainda muito bem
Qual será o seu destino.”

 

Em cada página, Vadinho encontra outros insetos: Cri-cris, o grilo; Bárbara, a barata; Milena, a minhoca; Mariana, a mosquinha de banana; Olga, a pulga; Lívia, a libélula; Marieta, a borboleta; Zizi, a muriçoca; Zito, o mosquito; e Totonho, o piolho. Interage com eles, em versos, e segue seu voo.

Até que, ao longe, Vadinho vê uma fogueira. E uma faísca ilumina o seu coração. O final, bom, é para os fortes.

O LOBO NÃO MORDE! – Emily Gravett

lobonaomorde

O que pode acontecer quando os três porquinhos capturam o Lobo Mau e fazem dele a principal atração de seu espetáculo? Nesta adorável versão de “Os Três Porquinhos”, Emily Gravett mostra com suas primorosas ilustrações tudo o que os frágeis personagens desse clássico podem fazer quando seu rival está sob seu controle. Agora o lobo será lançado aos ares por canhões e montado como um cavalo, além de ter que ensaiar passos de dança e saltar entre os aros. Resta saber por quanto tempo ele irá aguentar tantas provocações…

A CANTINA DE DONA CALABRESA –  Liana Leão

cantinadedona

Dona Calabresa é dona de uma cantina que só vende doces, tortas, pizzas, batatas fritas. Dona Clara, ao contrário, é dona de uma cantina cheia de comidas muito saudáveis: sanduíche integral, fruta fresca, tudo o que faz bem à saúde. Os negócios vão muito bem para Dona Calabresa e muito mal para Dona Clara.

CACO COELHO ADORA LER – Peter Bently

cacocoelho

Caco adora livros. Ele passa o tempo todo lendo histórias de príncipes e bruxas, de piratas e dinossauros. Já seus amigos acham que livros são a coisa mais chata que alguém poderia inventar. Eles preferem ficar brincando no quintal. Isso até que começa a chover e eles não podem sair de casa…
Ótimo produto para aproximar as crianças dos livros.

Related posts

Qual a máscara ideal para as crianças?

Segundo a Dra. Letícia Kawano-Dourado, médica e pneumologista e pesquisadora que assessora a Organização Mundial da Saúde (OMS), em entrevista à revista Pais&Filhos a Dra. recomendou que as crianças que têm condições de usar a máscara, façam o uso dela. A Dra. Letícia aponta as melhores opções de

Leia Mais

Feliz Dia do Professor e dos Funcionários Educadores

Como sabem, aqui na Trilhas, todos nós exercemos diariamente o papel de educador. Gostaríamos de homenageá-los, neste especial 15 de outubro, Dia dos Professores e Funcionários Educadores, com um videoclipe produzido (a muitas mãos) com muito carinho, representando o dia a dia de trabalho de cada um, neste período atípico de pandemia. Deixamos aqui o

Leia Mais