Porque você não deve comer demais na gestação

Pregnant and scale

 

Você sabia que o maior risco de obesidade para a mulher é comer demais na gestação? Escrito desta forma parece que estou denegrindo a gravidez, induzindo a mulherada a não ter filhos, amaldiçoando a gestação. Não é nada disso, por favor! O fato é que existe uma relação comprovada entre ganho excessivo de peso durante a gestação e obesidade após o parto.

Não é culpa da gestação. Nosso corpo é uma máquina perfeita tanto que ele é capaz de eliminar todo o peso excedente ganho durante os nove meses após o parto. Mas isso só acontece se 1) o ganho de peso estiver dentro do previsto e 2) a perda não é rápida, em um mês, às vezes demora mais do que isso.

O problema está no ganho em excesso e aí, amiga, a culpa é da mulherada, que abusa durante esse período, como eu.

Me senti absolutamente liberada para comer como se não houvesse amanhã, principalmente, durante a gestação do Samuel. Os potes de Nutella eram meus melhores amigos. Comia Nutella como se fosse brigadeiro de colher. Além de comer bolos, doces, sorvete praticamente todos os dias. Sabe aquela preocupação com o peso, em entrar na calça 36, usar biquini sem barriga, quanta  gente passa metade da vida se preocupando? Evaporaram na minha primeira gestação. Afinal, porque eu vou me preocupar se a calça jeans 36 não serve mesmo, então vou comer o que desejar! E mandava às favas quem vinha com papinho de controle de peso.

Meu médico foi o primeiro a pegar no meu pé porque ganhei muito peso de um mês para o outro. Mais do que o ideal. Tive de cortar pães e massas. E nada pior para alguém que adora comer do que proibí-lo de ingerir o que mais gosta. No meu caso, pão!

Enfim, tudo isso para dizer que está comprovado que o excesso de ganho de peso durante a gestação pode causar retenção de peso pós-parto e contribuir para a obesidade feminina para o resto da vida.

Então, querida leitora, para evitar ser aquela mãe corpulenta e bem matrona, aos 40 anos, o ideal é receber uma boa orientação nutricional durante a gestação, algo que não tive e me arrependo. Talvez hoje eu não estivesse lutando para perder o peso ganho ainda na primeira gestação, há 14 anos. Quando engravidei do Samuel, pesava 57 quilos. Nunca mais voltei a esse peso. Na verdade fiquei muito, muito, muito longe disso, apesar dos meus esforços físicos e dietas. Nunca mais usei biquini. Nunca mais gostei da minha barriga mole, dos meus joelhos gordos e dos meus braços gordinhos.

Voltei a gostar de mim de novo há muito pouco tempo, pois perdi peso fazendo atividade física. Mas é uma perda bemmmmm lenta, gradual (tal qual a abertura do país no fim da ditadura) e espero que contínua.

Por experiência própria, digo que vale a pena, durante a gestação, comer de maneira correta, o mais saudável possível, em poucas quantidades, várias vezes ao dia e não passar fome. A saúde do seu corpo no pós-parto vai lhe agradecer.

Quanto você deve engordar durante a gestação? Não sei. Essa resposta quem precisa te dar é o seu obstetra e sua nutricionista.

Mesmo sendo uma Carolina Dieckmann, que diz ter engordado 30 quilos em uma das gestações, vai precisar encarar muitas horas de atividade física e dieta para voltar ao corpo. A pergunta de US$ 1 bilhão: você tem a entourage que essas atrizes têm para conseguir ter tempo de duas horas por dia só para malhar?

Fonte: Comer para Crescer

Related posts

6/10: Aniversário da Trilhas!

Neste mês, a Trilhas está completando 26 anos! Dia 6 de Outubro é o aniversário da escola e é dia de comemoração, são 26 anos de uma história de dedicação e amor à educação! Feliz aniversário Trilhas! Confira o vídeo produzido em comemoração aos seus 25 anos:

Leia Mais

Curitibim | 3º ano

CURITIBIM é uma mostra de canções para crianças. Teve suas primeiras edições realizadas em 2015 e em 2018. Nestas edições contou com a participação de 15 artistas de diferentes regiões do Brasil. A terceira edição será realizada em um SHOW ONLINE,dia 03de outubro de 2020, transmitida no Canal Parabolé. O projeto promove e valoriza a

Leia Mais