O que é que o Passeio Público tem?

tn_620_600_passeiopublico_atividades_150313

O Passeio Público pode ser ponto de encontro para meditar, caminhar e até para abastecer a geladeira. Isso porque, em meio aos equipamentos esportivos e espaços destinados às mais de 100 espécies de bichos, o parque é lugar certo para praticantes de tai chi chuan e recebe semanalmente uma feira orgânica, com suas 19 barracas para venda de frutas e verduras sem agrotóxicos. E não é só isso: os aficionados por arquitetura também têm vez. Eles podem contemplar o portal de entrada, inspirado no Cemitério de Cães de Paris; e também as cercas que se assemelham aos troncos de árvores. Para os que pretendem apenas passear, há ilhas, pontes e lagos dispostos dentro dos 70 mil metros quadrados do parque. O Passeio Público abre das 6 às 20 horas, de terça-feira a domingo. Veja abaixo algumas atrações fixas e temporárias:

Tai Chi Chuan

Em meio a todo o barulho do Centro, o Passeio Público também é abrigo para quem pretende relaxar. Duas vezes por semana, pelo menos, um grupo se reúne no local para praticar o tai chi chuan, milenar arte marcial chinesa reconhecida como uma forma de meditação através de movimentos. As aulas são ministradas por José Onofre Nunes, da Escola Harmonia e Movimento. A mensalidade é R$ 85 – valor que pode ser abatido caso chova. Interessados podem fazer aula experimental.

Quando?

Terças e quintas-feiras, das 8h30 às 9h30.

Exercícios

Na pista de pouco mais de mil metros, é possível correr e caminhar de forma harmoniosa, aproveitando para desfrutar do cenário composto por ilhas, gruta e pontes do parque. Além disso, a academia ao ar livre com 11 aparelhos ajuda no condicionamento físico.

Quando?

Mesmo horário do parque.

Pedalinhos

Atração que data da primeira metade do século passado, os dez pedalinhos do parque até hoje são ótimas opções para entreter as crianças ou para passar um momento “a dois”. O passeio de meia-hora de duração custa R$ 5 para uso individual ou R$ 9 em dupla.

Quando?

De terça-feira a domingo, das 10 às 19 h.

Feira

Há mais de dez anos, os visitantes que vão ao Passeio nas manhãs de sábado têm a opção de comprar frutas e verduras frescas nas 19 barracas da Feira Orgânica, organizada pela Secretaria Municipal do Abastecimento. Semanalmente, passam por ali 1,5 mil pessoas.

Quando?

Sábados, das 7 horas ao meio-dia.

Parquinho

Além de contar com os tradicionais escorregadores, carrossel, balanças, gangorras, túnel de arco e caixa de areia, o parquinho do local tem até um muro de escalada infantil. Tudo isso sob um balão de metal, alçado a 1,5 metro do chão, que representa o balão Granada, que decolou do Passeio Público e fez um pouso forçado sobre a Catedral de Curitiba, há 103 anos. Por vezes, ainda é possível se deparar com apresentações circenses – que ocorrem sem periodicidade específica.

Quando?

Mesmo horário do parque.

Bicicletas

Quem for de bicicleta ao Passeio Público e quiser guardar a magrela não precisa se preocupar. Há um bicicletário no local, onde o ciclista pode armazenar seu transporte pagando R$ 1 por hora. Quem não tem bicicleta também pode aproveitar para alugar uma bike por R$ 5 a hora ou R$ 30 pelo período (7h30 às 17h30). Demais condições devem ser consultadas no local.

Quando?

De terça-feira a sábado, das 7h30 às 17h30.

Animais

No Passeio Público vivem cerca de 400 animais de 150 espécies diferentes. No total, são 40 mamíferos, 280 aves, 70 répteis e 20 peixes. No terrário, também conhecido como serpentário, o visitante conhece serpentes e lagartos de espécies raras de todos os cantos do mundo e, no aquário, peixes de rios e espécies ornamentais da Região Amazônica e da África.

Quando?

Aquário e terrário: de terça-feira a domingo, das 9 às 12 horas
e das 13 às 16h45.

Viveiros: Mesmo horário do parque.

RAPHAEL MARCHIORI

Fonte: Gazeta do Povo

Related posts

Como é o lá fora que a gente quer?

Conexões genuínas entre as crianças e a natureza podem revolucionar o nosso futuro. Mas será que essa descoberta ainda é possível nos grandes centros urbanos do mundo? Evidências científicas apontam que a falta de contato com a natureza pode contribuir para problemas físicos e mentais. No novo capítulo de “O Começo da Vida”, os principais

Leia Mais

Dia Mundial da Alfabetização

O Dia Mundial da Alfabetização é celebrado desde 1967, no dia 8 de setembro. Esta data foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), com o objetivo de incentivar a discussão sobre o tema no mundo todo com ênfase em

Leia Mais

Dia dos Pais

Tributo a um pai gigante Como se mede a estatura de um pai? Com uma régua de dois metros? Meu pai media alguns centímetros, talvez quatro ou cinco, além de um metro e meio, mas tenho certeza de que era um gigante que se debruçava à noite, em minha cama, para ajeitar o cobertor e

Leia Mais