Homenagem aos 100 anos de Paulo Freire

Ilustre educador e filósofo brasileiro, Paulo Freire completaria 100 anos em setembro de 2021. Seu legado lhe proporcionou a posição de um dos pensadores mais notáveis da pedagogia mundial, tendo influenciado o movimento chamado pedagogia crítica. 

 

O método Paulo Freire reconhecido e premiado em âmbitos nacionais e internacionais, consiste em conscientizar o aluno, ou usando as expressões do próprio Paulo Freire, ensinar o aluno a “ler o mundo” para poder transformá-lo. Para Freire, o ensino ocorre a partir do diálogo entre professor e aluno, com a função de desenvolver a capacidade crítica e preparar os estudantes para sua emancipação social. Além disso, Freire criticava a ideia de que ensinar é transmitir conhecimento, porque para ele a missão do professor era possibilitar a criação e a produção de conhecimentos. 

 

Reconhecido, desde 2012, como o Patrono da Educação Brasileira, Paulo Freire é considerado o brasileiro mais vezes laureado com títulos de Doutor Honoris Causa pelo mundo. No total, recebeu homenagens em pelo menos 35 universidades, entre brasileiras e estrangeiras, como a Universidade de Genebra, a Universidade de Bolonha, a Universidade de Estocolmo, a Universidade de Massachusetts, a Universidade de Illinois e a Universidade de Lisboa. Em 1986, Freire também recebeu o Prêmio ‘‘Educação para a Paz’’, concedido pela Unesco, a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciências e Cultura.

 

Segundo Paulo Freire, não é possível adotar diretrizes pedagógicas sem que elas orientem a prática, até em seus aspectos mais corriqueiros. “As qualidades e virtudes são construídas por nós no esforço que nos impomos para diminuir a distância entre o que dizemos e fazemos”, escreveu o educador. “Como, na verdade, posso eu continuar falando no respeito à dignidade do educando se o ironizo, se o discrimino, se o inibo com minha arrogância?” 


Paulo Freire teve uma sólida jornada acadêmica e profissional, em 1963, em Angicos (RN), chefiou um programa que alfabetizou 300 pessoas em um mês, um dos seus feitos mais notáveis. Entre 1989 e 1991 foi secretário municipal de Educação de São Paulo. Foi nomeado Doutor Honoris Causa de 28 universidades em vários países e teve obras traduzidas em mais de 20 idiomas. Morreu em 1997, de enfarte.

 

“A alegria não chega apenas no encontro do achado, mas faz parte do processo da busca. E ensinar e aprender não pode dar-se fora da procura, fora da boniteza e da alegria”.
Paulo Freire

Fontes:
Nova Escola
G1

Related posts

Qual a máscara ideal para as crianças?

Segundo a Dra. Letícia Kawano-Dourado, médica e pneumologista e pesquisadora que assessora a Organização Mundial da Saúde (OMS), em entrevista à revista Pais&Filhos a Dra. recomendou que as crianças que têm condições de usar a máscara, façam o uso dela. A Dra. Letícia aponta as melhores opções de

Leia Mais

Feliz Dia do Professor e dos Funcionários Educadores

Como sabem, aqui na Trilhas, todos nós exercemos diariamente o papel de educador. Gostaríamos de homenageá-los, neste especial 15 de outubro, Dia dos Professores e Funcionários Educadores, com um videoclipe produzido (a muitas mãos) com muito carinho, representando o dia a dia de trabalho de cada um, neste período atípico de pandemia. Deixamos aqui o

Leia Mais