Dez passeios para ser curioso sempre

Os bebês, então, que entendem muito mais do que imaginamos, estão sempre atentos para as novidades. “Diferente de nós, adultos, eles têm a coragem de descobrir o mundo com total liberdade”, afirma a educadora dinamarquesa Anna Marie Holm, que trabalha com artes para bebês há mais de 20 anos. “Eles são naturalmente curiosos. Na maneira como manipulam os objetos e lidam com materiais, quando pintam, mexem com a areia, com a grama, com as folhas. Testam tudo o tempo inteiro e é assim que aprendem”, explica. Para continuar assim, seu filho vai precisar da sua ajuda. Aproveite esse privilégio e dê asas à sua curiosidade também, embarcando junto nessa viagem de descobertas. Aqui, sugestões de passeios que vão deixar todo mundo ainda mais curioso.

 

Ilustração_Nik Neves

1. No seu caminho, sim

Uma volta no quarteirão será um mundo para seu filho. Vocês podem observar juntos o formato dos prédios e seus jardins, as pessoas que andam pela rua, os diferentes tipos de carros, grandes e pequenos, as cores, cheiros, tudo. Da janela do carro, nas viagens, também há muito com o que se entreter: mostre para ele, por exemplo, como casas e ruas vão sendo gradualmente substituídas por árvores e montanhas.

2. Domingos no parque

Cauê tem apenas 7 meses e está começando a se interessar pelo que aparece à sua volta. Seu passeio preferido é ir ao parque. “Eu falo: ‘Olha a árvore verde, olha o patinho branco’. Assim ele vai compreendendo as coisas e se acostumando com as pessoas e com a natureza”, diz a mãe, a chef de cozinha Caroline Gimenez, 24 anos. Se o seu filho já é maior, proponha que construa algo com folhas e gravetos, comparem os formatos, texturas e cores.

3. “Olha a laranja!”

Sabe aquela feira próxima da sua casa? Leve seu filho para conhecer. “É algo simples e muito interessante, porque tem uma tremenda oferta para as crianças. Elas podem perceber diferentes sabores, aromas, texturas. Principalmente as pequenas, que precisam pegar, cheirar, experimentar”, diz Mônica Padroni, diretora pedagógica de educação infantil da Escola Projeto Vida (SP).

4. Paixão pela ciência

Procure na sua cidade, ou em alguma próxima, um local voltado para experiências científicas para crianças. Em São Paulo, por exemplo, existe o Catavento, um espaço cultural e educacional em que se pode ver como o corpo humano é por dentro, as maravilhas do planeta Terra e curiosidades sobre fenômenos eletromagnéticos.

FONTE: Revista Crescer

Related posts

Como é o lá fora que a gente quer?

Conexões genuínas entre as crianças e a natureza podem revolucionar o nosso futuro. Mas será que essa descoberta ainda é possível nos grandes centros urbanos do mundo? Evidências científicas apontam que a falta de contato com a natureza pode contribuir para problemas físicos e mentais. No novo capítulo de “O Começo da Vida”, os principais

Leia Mais

Dia Mundial da Alfabetização

O Dia Mundial da Alfabetização é celebrado desde 1967, no dia 8 de setembro. Esta data foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), com o objetivo de incentivar a discussão sobre o tema no mundo todo com ênfase em

Leia Mais

Dia dos Pais

Tributo a um pai gigante Como se mede a estatura de um pai? Com uma régua de dois metros? Meu pai media alguns centímetros, talvez quatro ou cinco, além de um metro e meio, mas tenho certeza de que era um gigante que se debruçava à noite, em minha cama, para ajeitar o cobertor e

Leia Mais