Vamos abordar um assunto importante e que muitas vezes é esquecido ou até mesmo desconhecido pelos pais, a especialidade de Odontopediatria.

Assim como as consultas ao Médico Pediatra são rotineiras, as consultas ao Dentista também deveriam ser! Infelizmente, o consultório odontológico ainda é visto por adultos como algo assustador ou, no mínimo, desconfortável, e isso acaba sendo passado de alguma forma à criança. O comportamento de nossos filhos é reflexo do aprendizado em casa. Se essa ansiedade é alimentada por adultos, só tem a prejudicar o bom andamento da consulta.

Por isso é importante levar a criança a um profissional especializado, pois além de possuírem conhecimento técnico específico, possuem uma linguagem especial para cada faixa etária e um ambiente preparado para receber e tranquilizar a criança. A adaptação da criança ao tratamento dentário é a principal tarefa da Odontopediatria, pois quanto mais cooperador for o paciente, melhor a qualidade do tratamento.

Quando devo levar meu filho ao dentista? A visita ao dentista deve ser feita o quanto antes possível, pois este profissional poderá passar todas as orientações de higiene, orientar sobre o uso da chupeta, apresentar diferentes tipos de bicos de mamadeira e, principalmente, evitar a famosa “cárie de mamadeira”. Para os maiorzinhos, a necessidade do uso do aparelho ortopédico, dieta e selantes são assuntos bastante abordados.

É importante enfatizar que a prevenção é a melhor estratégia, e o comprometimento dos pais para que seu filho nunca tenha cáries é o melhor tratamento!

Este texto foi uma contribuição da Dra. Adenise Bulgarelli de Castro, especialista em Odontopediatria – CRO 14 381.

Contato – (41) 3353 4433

7367 AE43E7586707A87855E9258ABF240_h450_w598_m2_q90_czhacGGCs imgHandler imgHandler-1 imgHandler-2

Related posts

Como é o lá fora que a gente quer?

Conexões genuínas entre as crianças e a natureza podem revolucionar o nosso futuro. Mas será que essa descoberta ainda é possível nos grandes centros urbanos do mundo? Evidências científicas apontam que a falta de contato com a natureza pode contribuir para problemas físicos e mentais. No novo capítulo de “O Começo da Vida”, os principais

Leia Mais