Atividades Extracurriculares

Atividades Extracurriculares

Após o horário das aulas curriculares, a Escola Trilhas oferece aulas extracurriculares, com professores especialistas.

Confira abaixo as atividades disponíveis em 2022:

CAPOEIRA
Professor responsável: Marcelo Wengrat
Nível atendido: Grupo III ao 5° ano

EDUCAÇÃO INFANTIL
Serão trabalhados, de forma integrada, os três domínios de aprendizagem da criança: psicomotor, afetivo social e cognitivo. Através das brincadeiras, serão trabalhados coordenação motora, campo visual, criatividade, autoestima e a automatização de movimento. Desta forma, o (a) aluno (a) estará cada vez menos desinibido (a) e com mais segurança.

ENSINO FUNDAMENTAL I
Resgatar e valorizar a cultura afro-brasileira, ampliar e vivenciar o conhecimento durante as aulas de Capoeira, introduzindo o Maculelê, Jongo, samba de roda, entre outros. Além da prática, haverá a criação de instrumentos como: pandeiro, atabaque e berimbau. Conhecimentos sobre as tradições e crenças enraizadas aqui no Brasil serão trabalhadas de forma multidisciplinar, propondo projetos que envolvam dança, música, luta, teatro e cultura, buscando entre os alunos a socialização, criatividade, autocontrole, cooperação, respeito e autoestima.

Marcelo é licenciado em Música pela PUC-PR e licenciado em Educação Física pela UNISA-PR. Também é graduado em Capoeira pelo Grupo Saber Ancestral.

Contato: (41) 99763-8550
[email protected]

 

CLUBE DE CIÊNCIAS
Professora responsável: Carolina Coelho Scherer
Nível atendido: Infantil VI ao 6º ano

O clube de Ciência proporciona um ambiente de investigação do mundo natural, num espaço voltado para as crianças explorarem sua curiosidade. São desenvolvidas atividades de forma dinâmica e interativa, que permitem desvendar os mistérios da química, observar e construir objetos sob a ótica da física e ampliar a compreensão dos mistérios da natureza.

Carolina Scherer é mestre em Ecologia e Conservação pela UFPR, pós-graduada em Conservação da Natureza e Educação Ambiental pela PUC/PR e bacharel e licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Tuiuti do Paraná.

Contato: [email protected]

 

CORAL
Professor responsável: Felipe Luiz Cordeiro
Nível atendido: 1º ao 5º ano

O coral será uma experiência artística e musical. Um caminho de estudo na música e na arte coletiva. Um estudo vocal, perceptivo e de criação de um repertório comum. As músicas instigarão a musicalidade e o interesse musical e artístico dos envolvidos. Cantaremos músicas da Trilhas, da música popular Brasileira e de outros países.

Os aquecimentos serão com circuitos criativos, brincadeiras de repetições rítmicas, melódicas e de técnica vocal. Serão úteis para a experiência concreta do canto e dos desafios do repertório e do trabalho em grupo. No final do ano, quando o grupo tiver uma identidade e repertório diversificado, faremos uma apresentação para concluir o processo artístico. 

Felipe Luiz Cordeiro é arte-educador. Licenciado em música pela Embap\Unespar. É professor de musicalização, canto, piano e violão. Estudou música na Argentina (CMFALLA e Sadaic) e teatro na Escola do Ator Cômico. Na Trilhas é professor de música desde 2020. Atualmente é professor de música do segundo ao sétimo ano.

Contato: (41) 9 99453068
[email protected]

 

DANÇA
Professora responsável: Mariana Alves
Nível atendido: Grupo III ao 5º ano

O objetivo desta aula é desenvolver a habilidade da criança se expressar corporalmente,  por meio de exercícios de consciência corporal, sequências coreografadas e jogos de improviso, a fim de que sejam capazes de pensar, criar e tenham a experiência de produzir artisticamente.

Mariana Alves fez bacharelado e licenciatura em Dança, pela Faculdade de Artes do Paraná, pós graduanda em Psicologia Corporal, pelo Instituto Reichiano.

Contato: (41) 99646-1543
[email protected]

 

DESENHO
Professora responsável: Ana Zagonel
Nível atendido: Grupo IV, Infantil VI E 1º Ano

Para esta faixa etária, as aulas de desenho são um estímulo para que desenhar seja algo naturalmente divertido! Além do papel e lápis específicos com os quais irão trabalhar, utilizamos outros materiais que possam trazer a exploração livre e também dirigida, tendo em vista um uso consciente destes recursos. O acompanhamento é individual, mas também em grupo, para que possamos caminhar juntos. E os temas de aula são escolhidos com o objetivo de explorar diferentes possibilidades de representação!

Ana Zagonel é especialista em Artes e Ensino das Artes pela UNESPAR/FAP, graduada em Artes Visuais e em Publicidade e Propaganda. Como arte-educadora, trabalha com a educação infantil e primeiro ano do ensino fundamental da Escola Trilhas.

Contato: (41) 98824-5440
[email protected]

 

DESENHO
Professora responsável: Silmara Fernandes
Nível atendido: 2º ao 7º ano

As aulas de desenho contribuem para que as crianças aprendam a utilizar a técnica de desenho usando os  4 elementos: TRAÇO, FORMA, TEXTURA e LUZ,  treinando a coordenação fina (que ajuda na escrita). Nesta aula, os (as) alunos (as) são incentivados (as) a valorizar suas produções artísticas, tendo a consciência de que quanto mais, melhor se desenha.

“Toda criança é artista. O problema é como permanecer artista depois de crescer.”
Pablo Picasso

Eu acredito no potencial de todos. Só precisa despertar para isso!

Silmara de Souza Fernandes é formada em Artes Plásticas, pela FAP, e trabalha na Escola Trilhas desde 2004.

Contato: (41) 99950-4235
[email protected]

 

FUTSAL
Professor responsável: Alex Rafael Ribas
Nível atendido: Grupo IV ao 5º ano

As aulas de Futsal buscam trabalhar as capacidades técnicas e táticas. O aluno será estimulado a desenvolver suas capacidades cognitivas de percepção, antecipação e tomada de decisões, tendo como base a psicomotricidade no processo de formação. O equilíbrio, ritmo, coordenação, desenvolvimento motor,  noções de espaço e tempo também serão abordados no aprendizado da modalidade. 

Alex Rafael Ribas tem licenciatura plena em Educação Física pela PUC-PR, com formação complementar na Academia Estatal de Cultura Física de Moscou (Rússia). Foi voluntário nas Olimpíadas e Copa do Mundo de Futebol, além de ter sido tricampeão estadual quando atleta da modalidade.

Contato: [email protected]

 

MUSICALIZAÇÃO
Professor responsável: Felipe Luiz Cordeiro
Nível atendido: Grupo III ao Infantil VI

Através de jogos musicais, técnica vocal lúdica, percussão e expressão corporal, cantaremos músicas do folclore brasileiro, do mundo e outras que surjam das brincadeiras. De maneira divertida, através de circuitos criativos, distintos elementos da música serão explorados.

A música e o movimento, serão as bases para um canto criativo e integrado com o corpo e com grupo. Uma sonoridade rítmica e lúdica no interpretar. Uma brincadeira de exploração vocal, percussiva e expressiva.

Acumularemos um repertório de músicas e jogos ativos, que ao serem ensaiados, irão coreografando o repertório. Essas experiências musicais e de movimento, nos conduzirão a uma apresentação lúdica e divertida no final do ano.

Felipe Luiz Cordeiro é arte-educador. Licenciado em música pela Embap\Unespar. É professor de musicalização, canto, piano e violão. Estudou música na Argentina (CMFALLA e Sadaic) e teatro na Escola do Ator Cômico. Na Trilhas é professor de música desde 2020. Atualmente é professor de música do segundo ao sétimo ano.

Contato: (41) 9 99453068
[email protected]

 

OFICINA DE MARCENARIA
Professor responsável: Phelipe Prá
Nível atendido: Grupo IV ao 5º ano

A Oficina de Marcenaria utiliza a madeira, material expressivo e comunicativo, oferecendo um lugar de criação. É um espaço de invenção  e construção que estimula a criatividade da criança, trabalha a coordenação  motora, o construir junto e o conhecer técnicas da marcenaria. A criança transforma suas ideias em objetos, jogos ou brinquedos.

Phelipe Prá é artesão e tem bacharelado e licenciatura em Educação Física pela Universidade Tuiuti do Paraná.

Contato: (41) 99999-5030
[email protected]

 

ROBÓTICA
Professor responsável: Phelipe Prá
Nível atendido: 1º ao 5º ano

A oficina de robótica é um espaço de criação que, a partir de materiais não estruturados e uso de peças e componentes eletrônicos, visa a construção de objetos. Ao desenvolver projetos de iniciação à robótica, o aluno exercita na prática conteúdos de diversas áreas do conhecimento: marcenaria, conteúdos curriculares (matemática e ciências), engenharia mecânica, elétrica e programação. 

O trabalho da oficina estimula a criatividade, a colaboração entre os alunos, autonomia e capacidade para solucionar problemas. Seguindo o conceito do “do it yourself” (DIY) – “faça você mesmo”, e inspirado na teoria do “Learning by Doing” (filósofo John Dewey),  os alunos são estimulados a aprender fazendo.

Essa aprendizagem possibilita que o aluno experimente e vivencie a construção, conclusão e reflexão do seu projeto.

Phelipe Prá é artesão, professor de marcenaria e tem bacharelado e licenciatura em Educação Física pela Universidade Tuiuti do Paraná.

Contato: (41) 99999-5030
[email protected]

 

TEATRO
Professora responsável: Talyssa Mendes
Nível atendido: Infantil VI ao 5º ano

As aulas de teatro proporcionam um tempo e um espaço para as crianças vivenciarem jogos teatrais e ampliarem seu repertório sobre a arte do brincar. São atividades que exploram tanto a performance individual do aluno, quanto as dinâmicas em grupo. Paralelamente ao desenvolvimento das aulas, o grupo prepara e ensaia uma peça teatral para apresentar aos pais e mães no final do ano.

Talyssa é atriz e educadora, frequentou os cursos livres de teatro do Espaço Cultural Pé no Palco. Possui graduação em Biologia e participou da produção e realização de diversos projetos e sequências didáticas nas áreas de Literatura, Ciências e Teatro. Atualmente integra grupos de estudo de investigação do movimento nas áreas de dança-teatro e circo e é pós graduanda em Psicologia Corporal pelo Instituto Reichiano.

Contato: (41) 99928-8942
[email protected]

 

UKULELE
Professor responsável: Paulo de Nadal
Nível atendido: 1º ao 7º ano

Esse instrumento havaiano vem se tornando cada vez mais popular em nossa cultura pela sua singeleza, leveza e versatilidade. Seja para acompanhar o canto ou para aprender lindas melodias, o  ukulele possibilita que todos aprendam um instrumento de forma lúdica e divertida. 

Nesta atividade extracurricular, a criança terá uma noção de ritmo, melodia e harmonia em aulas extremamente práticas ampliando seu repertório e gosto musical. 

Obs.: para quem não possui ukulele, o professor fornece o instrumento em forma de empréstimo num período inicial até o aluno esteja seguro de sua vontade de virar um ukulelista.

Paulo de Nadal é músico, formado em Artes plásticas e especializado em Arte Educação pela Faculdade de Artes do Paraná.

Contato: (41) 99964-4889
[email protected]

 

YOGA 
Mariana de França Steil 
Nível atendido: 1º ao 5º ano

A presente proposta é derivada do projeto Yogar, um projeto de aulas on-line de yoga para crianças desenvolvido por mim desde setembro de 2020. O nome Yogar já é aquilo que representa: a união do Yoga com o brincar. É uma forma de apresentar para os pequenos o milenar Hatha Yoga por meio da brincadeira, outra atividade milenar e muito importante. O Yoga é o exercício da união entre consciência e corpo. O primeiro benefício do Yoga é criar um momento de internalização durante o dia. Em meio a uma rotina que parece cada vez mais corrida, em que as crianças estão cercadas por estímulos, o Yoga é um respiro, uma oportunidade de parar e simplesmente se concentrar nos movimentos e na respiração. Aumenta, assim, o tempo de concentração, estimula a consciência corporal das crianças, traz um momento de relaxamento e cria ferramentas para observar e lidar com as emoções. As crianças são apresentadas ao seu próprio mundo interno. 

As práticas são baseadas na não-violência e na cultura de paz, que começa na não-violência consigo mesmo. Portanto, o Yoga estimula a autoestima e a colaboração, pois não é uma atividade competitiva. Por fim, vem os benefícios mais conhecidos do Yoga: os asanas – as posturas – estimulam a flexibilidade, o fortalecimento da estrutura corporal e equilíbrio. A brincadeira é um campo de possibilidades: possibilita o desenvolvimento da criança, a exploração de papéis sociais, a tomada de ações que não seriam possíveis na vida real, a repercussão que essas ações têm nos outros brincantes e também na própria criança, o surgimento de emoções diversas, com as quais a criança tem que lidar… e tudo permeado pela liberdade do imaginário e muitas risadas! O Yogar procura desmistificar o yoga para crianças ao torná-lo vivo, divertido e brincante. No Yogar, levamos o Yoga na brincadeira, porque brincadeira é coisa séria. 

Contato: [email protected]