“O melhor da vida – simples e de graça” livro faz reverência a infância livre e saudável

Está em campanha no Catarse (site de financiamento coletivo), a produção do livro O MELHOR DA VIDA – SIMPLES E DE GRAÇA, de autoria do Jean Sigel,  pai aqui na Trilhas.  O livro é um resgate de registros feitos ao longo dos últimos anos sobre atividades que a família fez com as crianças estimulando uma infância saudável, livre, criativa, divertida e de graça!

Jean, Tati, Giulia, Nana e o mascote da família.

O objetivo é compartilhar num único livro, relatos feitos desde 2010 em eventuais posts no Facebook, que têm inspirado ou causado reflexões em pais, mães, tias, tios, dindos, avós e amigos. Trata-se de um livro para inspirar adultos e crianças e  para lembrar que o abraço e o riso são de graça, que a imaginação é de graça e que a inventividade infantil é inesgotável. Simples assim. São ideias de atividades que estimulam a criatividade na infância e as relações entre pais e filhos, que criam senso de pertencimento, afeto, liberdade e histórias para sempre.

As protagonistas desta história são as filhas do casal, Giulia e Giovanna:

Giulia – Mais conhecida como Giu ou Bugu (apelido que ganhou do pai ao apertar suas bochechas). Ama desenhar, pintar, criar. Sua cabeça está sempre fazendo arte. Troca bala por palmito. Distraída, amiga, intensa, estabanada. Coração grande com os amigos. Pequena surfista na Ilha do Mel e parceira de trilhas no Marumbi. Adora ouvir histórias inventadas, curte Harry Potter e diz um dia querer morar na floresta Amazônica. Ama filmes e música. Não gosta de matemática. Adora história em quadrinhos. Faz caras, caretas e bocas quando está feliz ou triste. Puxou a mãe por fora e o pai por dentro. Quando está se divertindo não vê a hora passar. 

Giovanna – Nana ou Nana Tcham (apelido que ganhou do pai, pois a cada pensamento ou pergunta uma surpresa na certa – tcham, tcham, tcham, tcham). Curiosa, serelepe, sensível, emotiva, observadora. Adora animais, coleciona insetos e ama borboletas. Ama a terra, as plantas e o mar. Sempre pronta pra caminhar na montanha, subir em árvore e tomar banho gelado de cachoeira. Dançar é parte dela e está sempre de ponta cabeça. Fissurada em comida japonesa. Seu bolo favorito de aniversário foi feito com sushi. Não curte doce e adora brócolis. Troca pizza por arroz e feijão. Prefere ser chamada de super heroína ao invés de princesa. Dona de uma risada encantadora. Dizem que é a cara do pai, mas os cachinhos da mãe. Aliás, não gosta que digam que tem cachinhos dourados, mas sim cabelo de leãozinho.

 

Como apoiar?

Acesse o site catarse.me, clique em “APOIAR ESTE PROJETO” , que o site vai mostrar um passo a passo super simples, seguro e tranquilo. O pagamento pode ser feito no cartão de crédito ou boleto bancário.

 

 

 

Comentar