Turma do quinto ano se despede da Trilhas!

encerramento quinto ano

 

 

trilhas encerrramento 5º ano 2013 convite virtual

 

 

“Passa, tempo, tic-tac

Tic-tac, passa, hora

Chega logo tic-tac

Tic-tac, e vai-te embora

Passa, tempo

Bem depressa

Não atrasa

Não demora…”

(Trecho da música “Relógio” de Vinicius de Moraes)

Trechos do livro “Memórias da Trilhas” pela Turma do Berimbau,  5º ano

 Um dos objetivos que me empenho muito no 5º ano é que as crianças compreendam o papel importante que fazem na sociedade. Lendo diferentes textos e estudando a história percebem que existem pessoas que fazem a diferença. Procuro fazer acreditarem que  também fazem parte da história. Que são cidadãos participantes e ativos, então quero mostrar a história que vocês já escreveram e fazem parte, a História da Trilhas.

Apresento a colcha de retalhos das recordações da turma do Berimbau na Trilhas.

Bernardo

Nesse período que estudei na Trilhas fiz muitos amigos como por exemplo o Lucca Bond e o Guilherme Silva, os dois estudam até hoje comigo. O melhor amigo é o Gui, eu conheci ele na turma da Abelha, nós fizemos muita bagunça, abrimos o liquidificador ligado com o suco de beterraba dentro, foi suco na parede, no teto, no chão, na professora e nos colegas da sala.

Obrigada, Trilhas, por proporcionar momentos incríveis e inesquecíveis em minha Vida!

Eduardo Adad

No Infantil V, na turma do Tamanduá Bandeira, a professora era a Renata, meus melhores amigos eram Lorenzo, Ian, Luiza Medeiros e a Fernanda. Foi o ano em que comecei a escrever meu nome e outras palavras. Adorava os jogos matemáticos e de tabuleiros, como jogo da velha e salute.

No 4º ano, na turma do Macrocosmos, as minhas professoras foram a Larissa e a Talyssa. No primeiro semestre só a Larissa era a nossa profe, era legal, divertida e tal, mas ela ficou grávida, por conta disso saiu, mas prometeu mostrar o bebê para a turma. Larissa saiu e Talyssa entrou, ela era muito querida e divertida.

Futuros alunos do 5ºano, se estudarem nada vai impedir de irem para o próximo ano.

Eduardo Massabki

No 5º ano estava com todos meus amigos e com uma ótima professora.  Nesse ano, a música foi muito linda, a que mais gostei de cantar, Berimbau. Quando nós estudamos Ciências,  aprendemos sobre Leonardo da Vinci, que com seus desenhos do corpo humano descobria mais coisas que os médicos da época. Também tive o meu melhor passeio em todos esses anos, foi na cidade de Castro. Em Matemática gostei de estudar divisão, divisores, múltiplos e decomposição em fatores primos. Em História as economias do Brasil e a proclamação da República. Em Geografia regiões, biomas e climas do Brasil. E em Ciências energia e o corpo humano.

Quero agradecer à Iva por dirigir essa escola tão bem.

 Felipe

Na minha passagem pela Trilhas, a música que mais gostei de cantar foi a do Berimbau, porque foi a única apresentação que participei. O artista que mais gostei de estudar foi o Aleijadinho, pois esculpia sem os dedos esculturas lindas. A modalidade esportiva que mais gostei foi o futebol,  pois todos os meus amigos jogam.

O meu melhor amigo é o Igor, pois estudamos juntos desde os quatro anos, e sempre fomos da mesma classe. O tema que mais gostei de aprender foi a Matemática, porque era de números e não de letras, e não gosto de ler.

Agradeço por tudo, obrigado Iva, tchau!

Fernanda

Ir para o quarto ano, que nervoso, nós conhecemos duas professoras super bacanas, primeiro as aventuras de Larissa, depois palhaçadas e festa-surpresa da Talyssa. Quem faria uma festa surpresa se a professora não fosse super-legal? Ela chorou é claro, até eu choraria, dei brigadeiro para todas as pessoas que conhecia. Sair daquela sala de gargalhadas, perguntas e respostas, tudo magnífico. Foi muito duro, mas é legal passar em todos os anos.

Chegar ao quinto foi respirar bem fundo…

E por fim o tema que mais gostei de aprender a “chegada da tecnologia ao Brasil”. E com tudo isso tive 12 professores e sete amigas inesquecíveis, falas e piadas de ficar rosa de rir, essa escola é para SEMPRE!!!!

Para fechar o texto quero passar uma mensagem à pessoa que acompanhou todo essa trajetória (minha e de meus irmãos) de 15 anos de Trilhas:

Iva, a família Canterville é igual à família Newton, só que o nosso lema não é mistério, é alegria!

Geórgia

No 2º ano fiquei na turma da Ilha do Mel, minha professora foi a Flávia, a minha preferida. Ela criou um personagem da turma que se chamava Cursimel. Cada dia um aluno levava o Cursimel para casa e escrevia em um caderno o que fez com ele em letra cursiva, por isso o nome Cursimel, o nome da letra cursiva e o da Turma Ilha do Mel. A Maria Eduarda (uma colega) resolveu levar o Cursimel para andar de bicicleta e quebrou a casinha do Cursimel e o Cursimel.

Guilherme Silva

Entrei na Escola Trilhas na turma do Girassol, com um ano e meio, encontrei um dos meus melhores amigos, o Lucca Bond, mas tinha um problema nós brigávamos quase todos os dias, mas depois de algum tempo nós paramos. Nossa professora a Bia era muito legal, apesar de brigar com a gente, porque fazíamos coisas erradas. Nesse ano foi a música que mais gostei de cantar, o nome era Girassol era divertida, rápida e bonita.

No quinto ano aprendemos sobre Aleijadinho, gostei muito de suas esculturas cheias de detalhes. Estudamos o corpo humano, aprendemos muito, fizemos pesquisas, apresentações e conhecemos todos os órgãos do corpo humano.

Guilherme Ruppel

Terceiro ano da professora Patrícia. Ela era bem legal e beijoqueira, por isso, eu e o João Henrique inventamos uma música para ela.

Por falar em música, o nosso professor de música, o Paulo, ficou no segundo ano e ganhamos a Ana Carolina e em Educação Física virou o  Marcolino em vez do Thiago. No fim do ano fizemos uma roda Halloween e cada  um se fantasiou de alguma coisa e contamos histórias de terror.

Obrigada e até breve, Iva!

 Helena

Entrevista:

R: Fale sobre suas recordações.

H: Muitas e muitas recordações. Tive muita diversão nos infantis, e muito que aprendi do 1º ao 5º ano e também diversões com as melhores e mais eficientes professoras.

R: O que você mais gostou de aprender?

H: Eu amei aprender a ler e escrever, mas o melhor foi mitologia grega, uau! Diverti-me muito em aprender sobre Galileu Galilei e    Albert Einstein. A professora Thaís dizia que tomava chá com bolachas com ele.

R: Qual foi o ano que você mais gostou?

H: Foram o 4º ano e 5º ano. Meu Deus! Anos cheios de novidades e as grandes professoras que “pegaram firme” com a gente. Amei meus anos na Trilhas!

Igor

No 1º ano  na turma da Canastra da Emília, que o tema era Monteiro Lobato, aprendemos  a escrever com nossa professora Sara, que era muito legal e carinhosa.

No 3º ano a nossa turma era Dossel e a nossa professora era a Eliane, muito legal e só tinha 11 alunos, melhorando o aprendizado.

No 4º ano com a professora Thaís, que é super engraçada, e gostava que escrevêssemos textos.

A minha mensagem para os futuros alunos é que estudem muito, porque é difícil!

Isabel

No 3º ano nossa turma era Pinha Sementeira e minha professora era a Patrícia. Ela é muito meiga e legal. Foi quando tive minha primeira prova, aprendemos a tabuada e foi divertida a música da turma.

No aniversário da Trilhas teve sorvete, aqui na Trilhas é assim, ela faz aniversário e nós ganhamos presente. No final do ano fizemos uma entrevista com nossa futura professora, a Thaís.

Isabela

Eu entrei na Trilhas no infantil dois, com dois anos. No primeiro dia, fiquei muito assustada, pois não conhecia ninguém, mas a minha professora, a Bia, era muito atenciosa comigo.

No infantil três eu era da turma do Golfinho e minha professora era a Irene. Ela era e ainda é muito legal e sempre fazia muitos penteados em mim e nas outras meninas.

E finalmente chegamos ao quinto ano. Minhas amigas ainda estudam comigo. Neste ano, estudamos sobre o Paulo Leminski, em Português, foi o escritor que mais gostei de estudar, escrevemos haicais e penduremos nos hibiscos.

João Felipe

O 1º ano foi um dos melhores anos, na Turma da Canastra da Emília com a Sara, uma professora muito legal, ela nos dava balas e falava que eram pílulas para ficarmos quietos. Nesse ano entrei no basquete e adorei.

No 5º ano (o último ano de Trilhas) foi o ano que mais gostei da música da turma, pois eu toquei guitarra no show e adorei. Neste ano gostei muito de trabalhar sobre Escher  e das brincadeiras do pátio. O melhor passeio que tive na Trilhas foi para Castro. Os melhores temas que aprendi em todos esses anos foi mitologia grega, corpo humano, a tabuada (fazíamos a corrida da tabuada), contos de mistério, que lemos Sherlock Holmes, e muito mais.

Agora me despeço da Trilhas e vou para outra fase, mas sei que o outro colégio não será igual à Trilhas, porém farei amigos e conhecerei mais pessoas.

João Henrique

No 4º ano (minha melhor época escolar) o nome da turma era Microcosmos, a professora era a Thaís, (minha melhor professora), era alegre e de bem com a vida, me parecia que adorava trabalhar. A melhor música de turma foi a do Macro ao Microcosmos (eu gostei muito das rimas). A melhor viagem foi para a Lapa, pois foi super divertida e animada. E também gostei de aprender sobre o corpo humano.

No 5º ano a professora é a Cíndi, que é boa, a turma do Berimbau, gostei de aprender sobre Aleijadinho, pois esculpia muito bem na pedra sabão, a pedra que nós tentamos esculpir na aula de Arte.

Iva, gostei muito de estudar na sua escola!

Leonardo M.

A professora do 5º ano se chama Cíndi, é a que mais gosto, porque tem paciência com todos da classe (muitas vezes minha turma é um terror!). Ela é loira, usa óculos e é bonita. Quando estou com algum problema, ela sempre ajuda, por exemplo, quando fico nervoso, ela me acalma e já me deu uma dica boa na prova.

Vou sentir saudades da Trilhas, pois gosto muito de estudar nessa escola!

Leonardo Silveira

Na Trilhas fazemos muitos passeios e o melhor foi o de Castro e o da colônia Holandesa na Castrolanda. Aprendemos muitas coisas sobre os imigrantes,  como funciona um moinho, costumes dos holandeses, suas máquinas e jeito de viver. Foi legal no restaurante do moinho, onde comemos muitos pratos diferentes. Lembrei-me de quando fomos para a Lapa e emprestei dinheiro para meus amigos tomarem sorvete e picolé.

Lucca Pasquali

Comecei a estudar na Trilhas no 2º ano, mas no 4º ano fiz meus melhores amigos; Eduardo M. Igor, Matheus L. Guilherme R. e Gabriel. Eles foram os meus  melhores amigos,  porque me apoiaram durante o ano inteiro.

No 3º ano fizemos com a professora Eliane um meio de comunicação para falar com a turma da sala de cima da nossa. Era um balde e um sino amarrados com um barbante.

Este ano, a minha professora Cíndi foi muito legal. Ela nos ajudou muito com os textos que escrevemos para o site da escola. Também muitas vezes quando não entendíamos alguma coisa, como na matemática e na viagem para Castro.

Futuros alunos do 5º ano, sejam espertos, prestem atenção nas palavras da professora Cíndi.

Lucca B.

A melhor experiência que tive em todos esses anos de Trilhas foi estudar no 5º ano, aprender coisas como o corpo humano e estudar a história do Brasil.

Escher, para mim, o melhor artista de obras com ilusão de ótica. Suas obras eram muito legais e divertidas, que faziam o apreciador interagir com a obra.

As festas juninas na Trilhas eram muito legais, com muitas danças e brincadeiras. Todos com bigodinhos, menos eu, nunca gostei de colocar bigodinhos.

Foi uma excelente experiência estudar na Trilhas, vou sentir saudades e ela ficará sempre guardada no meu coração.

Luiza Medeiros

A Fernanda e eu, amigas inseparáveis, estávamos no Infantil V e lembro que a professora Renata fez muitas pesquisas sobre animais em extinção para escolhermos o nome da turma. A Renata era divertida e foi com ela que aprendemos a escrever as primeiras palavras, na turma do Tamanduá.

Nunca vou esquecer a Trilhas, que foi a escola que me ensinou a escrever, fazer contas e muitas outras coisas.

Luiza Santos

No 3º ano a minha professora foi a Eliane, da turma do Dossel, e foi aí que começamos a fazer provas. Recebemos uma visita da Marla ( Prof.ª  do 2º ano), que contou que o Nemo morreu, e no fim do ano tirei 100 em Matemática.

No 4º ano a música foi a mais legal, pois era “massa”, e a professora foi a Thaís, e minha turma Microcosmos. Trabalhamos com microscópio e fizemos um dos passeios mais legais, para Lapa.

  Maria Clara

No 1º ano começamos a estudar o Monteiro Lobato, que foi o escritor que eu mais gostei de estudar porque com ele viajamos para lugares fantásticos. Lemos muitos livros sobre ele que até tivemos a ideia de dar o nome de turma Ilha das Águas Claras, que era o nome de um livro do Lobato. Com a professora Andressa começamos a escrever palavras novas.

Thiago                                                                

Enfim, o 4º ano foi bem legal e divertido, mesmo com a maioria dos meus amigos não estando comigo. Eu aprendi multiplicação e divisão, também tivemos um peixe que se chamava Peixoto, ele era um beta, foi bem massa, mas a gata da professora Thaís comeu-o.

No 5º ano, onde eu estou agora, aprendemos: m.m.c., m.d.c., divisores de um número e muitas outras coisas que não lembro o nome, e a Cíndi que eu tinha falado,  ela é bem legal. Também nesse ano nós fomos para Castro, esse ano foi bem “maneiro”.

Maria Eduarda

No 5º ano nós aprendemos bilhões de coisas como os sistemas do corpo humano, que foi muito legal de aprender e explicar para os colegas. Também sobre a África, os biomas e tipos de textos diferentes.

Querida Iva, graças a você e à Maria Inês, a Trilhas existe e existirá para sempre dentro de nós.

Matheus Loureiro

Adorei aprender Mitologia Grega, pois tinham muitos deuses diferentes e legais, além de muitos contos sobre eles e outros personagens (monstros, criaturas e semideuses).

A música que mais gostei de cantar foi do Macro ao Microcosmos, pois todo mundo tinha confiança e sabia cantar, assim ela sai “poderosa”.

Meu artista preferido foi o Escher, que trabalhava com ilusões. Parecia que as coisas se movimentavam nas obras. Foi muito legal!

O passeio que eu mais gostei foi no 5º ano para Castro, Lá fomos aos museus do Tropeiro, Imigrante e casa da Sinhara. Achei muito interessante as máquinas antigas em exposição. Almoçamos em um restaurante com um moinho, onde aprendi que quando as pás do moinho giram, as rocas giram esmagando as sementes. Tinha uma holandesa que tocou um instrumento chamado realejo e ela ensinou várias coisas da chegada dos imigrantes holandeses.  Mas o que eu gostei mesmo foi do moinho, é interessante como ele funciona e é legal ver as pás  enormes do moinho, de perto.

 Matheus Torres

Em Educação Física gostei muito, mas muito mesmo de estudar e jogar Basebol, porque é um jogo fácil e rápido, gostei de jogar basquete e de brincar de passe com pontos e fazer cestas. Também gostei do vôlei, um jogo fácil de bater bolas com a mão.

O passeio que mais gostei foi para Lapa, que tinha muitos museus, inclusive um canhão. Tinha também um teatro antigo com uma cadeira igual a que tem na casa da minha avó.

O 5º ano foi o ano que tive mais passeios, mas  o que mais gostei de aprender  foram os contos de mistério em Português.

Iva, adorei a escola que você criou! É a melhor escola do mundo.

 Nicolas

No 5º ano estudei sobre o Aleijadinho, que foi o artista que mais gostei de estudar porque nos incentivou a esculpir pedra sabão. Também aprendemos o tema da mitologia grega que eu gostei porque aprendemos tudo sobre deuses. O esporte preferido foi basquete nas aulas de Educação Física que todos gostaram e praticaram. O passeio que mais gostei foi para Castro, porque aprendemos sobre a colônia de imigrantes holandeses.

O recado que eu deixo para os próximos alunos do 5º ano é que: todos precisam estudar!!

Essa é a História da Trilhas com a participação da Turma do Berimbau!!!

Related posts

Confiram como foi a 23ª Feira do Livro da Trilhas!

Nossa 23ª Feira do Livro, que aconteceu no sábado, dia 22/9, foi um sucesso! O dia estava lindo, muitas famílias presentes para acompanhar a programação cheia de atividades! O evento contou com espaços para as turmas apresentarem seus livros coletivos, compra e troca de livros e gibis, contação de histórias, leituras dramáticas pelos 5º anos

Leia Mais

Alunos e alunas vivenciam uma visita à Feira

A nutricionista Graziela Carrão, responsável pelo Setor de Alimentação e Nutrição da Escola Trilhas, realizou uma atividade com as turmas do Infantil V para enriquecer as conversas sobre o projeto que este nível desenvolverá no Simpósio Criança, Mídia e Consumo: ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL. A ideia de “ir à feira com a Grazi” foi para criar uma

Leia Mais

Atenção! o Tamanduá-Bandeira corre risco de extinção.

As turmas dos infantil VI (Peixe Boi e Tamanduá-Bandeira) estão investigando animais que correm risco de extinção. Acompanhe abaixo o texto coletivo produzido pelas crianças, com a ajuda das Professoras Renata e Karen. “Você conhece o Tamanduá-Bandeira? Ele é um mamífero que vive no cerrado e se camufla nos matos maiores. E mesmo conseguindo se

Leia Mais