Trilhas faz parcerias com fornecedores de orgânicos!

A partir deste mês de abril, além dos vegetais vindos das nossas hortas, fizemos algumas parcerias com produtores rurais locais que nos entregarão produtos orgânicos semanalmente. Como este tipo de cultivo depende da disponibilidade e safra dos alimentos, nosso cardápio de saladas será definido semanalmente e por isso não está especificado no cardápio mensal.

Por que aumentar o consumo de produtos orgânicos?

Os produtos orgânicos são resultado de um sistema de produção agrícola que não utiliza agrotóxicos ou aditivos químicos. Este cultivo busca manejar de forma equilibrada o solo e demais recursos naturais, preservando-os de contaminações e utilizando-os de maneira sustentável, mantendo a harmonia entre homem e natureza.

O uso indiscriminado de agrotóxicos e produtos químicos na produção de alimentos é preocupante à medida que estudos comprovam que os agrotóxicos contaminam os alimentos e o meio ambiente, causando danos à saúde.

Este cenário mundial tem levado um número cada vez maior de pessoas a buscar mudanças em seu comportamento de consumidor. Um termo está sendo usado para mensurar como nossos hábitos de consumo impactam na quantidade de recursos naturais existentes no planeta: Pegada Ecológica.

Pegada Ecológica

Trata-se da quantidade de recursos naturais renováveis que utilizamos para manter nosso estilo de vida. Já pensou sobre quais e quantos recursos naturais são necessários para manter sua alimentação, seu transporte, sua vestimenta, seus passeios, sua casa, seus hábitos de consumo…?

Representação gráfica da pegada ecológica humana.

A ONG WWF Brasil explica que a Pegada Ecológica é uma metodologia de contabilidade ambiental que avalia a pressão do consumo das populações humanas sobre os recursos naturais. Expressada em hectares globais (gha), permite comparar diferentes padrões de consumo e verificar se estão dentro da capacidade ecológica do planeta. Um hectare global significa um hectare de produtividade média mundial para terras e águas produtivas em um ano.

Já a biocapacidade representa a capacidade dos ecossistemas em produzir recursos úteis e absorver os resíduos gerados pelo ser humano. Sendo assim, a Pegada Ecológica contabiliza os recursos naturais biológicos renováveis (grãos e vegetais, carne, peixes, madeira e fibras, energia renovável etc.), segmentados em Agricultura, Pastagens, Florestas, Pesca, Área Construída e Energia e Absorção de Dióxido de Carbono (CO2).

 Calcule a sua!

Sabemos que os recursos naturais são finitos e estamos olhando para o futuro, para o mundo que deixaremos aos nossos filhos e netos. “Entendemos que, como humanidade, temos pela frente um longo caminho de conscientização e mudanças de hábitos de consumo, mas acreditamos que o primeiro passo é mudar a nossa atitude. Este é o caminho escolhido pela Trilhas, que sempre tratou como prioridade o consumo consciente, a alimentação saudável e a formação nutricional dos alunos.”, reflete Fernanda Galvão, diretora administrativa da Escola Trilhas.

CLIQUE AQUI PARA CALCULAR SUA PEGADA ECOLÓGICA!

Horta orgânica da Trilhas: da terra ao prato!

Nossa horta orgânica é cultivada com a ajuda dos alunos. Durante o ano, o Setor de Alimentação e Nutrição gerencia uma agenda de plantio e colheita. Grande parte das turmas passam pela horta em alguns momentos do ano. “Nossa proposta é que as crianças tenham contato com a terra, que aprendam na prática como é feito o cultivo, compreendam que a natureza tem seu tempo para gerar frutos, para que possamos fazer a colheita. Depois disso, os alimentos cultivados e colhidos pelas turmas viram receitas saudáveis, geralmente preparadas coletivamente”, conta Graziela Carrão, gestora do Setor de Alimentação e Nutrição da Trilhas.

Consumo Responsável

Vídeo produzido pelo Programa Água Brasil nos ajuda a compreender o contexto que envolve nossos hábitos de consumo atualmente.

 

Related posts