ferias

 

“A escola do meu filho entrou em férias e não sei o que fazer”. Comum ouvir isso de muitos pais que possuem uma rotina corrida e não podem dar atenção aos filhos durante o dia todo. Criança é cheia de energia, quer correr, brincar, pular e gritar; nem sonham em passar as férias em casa, brincando com bonequinhos, carrinhos ou vendo filmes na TV. Então como fazer com que elas corram, brinquem, pulem e gritem em um lugar saudável e com espaço do tamanho suficiente para toda sua energia? 

Primeiramente, é de muita importância manter o contato com a família, levar seu filho para brincar com os primos, avós – casa de vovô e de vovó é sempre gostoso! Bom também manter o contato com os amiguinhos da escola. Faça um revezamento com os pais, cada dia na casa de um amiguinho. Eles já estão acostumados com os colegas, então se divertem facilmente.  Mas bom mesmo é tirá-los de casa. O sedentarismo infantil cresce cada vez mais e devemos, além de cuidar da alimentação dos pequenos, incentivar atividades físicas, pois estas ajudam no melhor desenvolvimento, no metabolismo, no bem-estar e na interatividade com outras crianças. 

Do teatro às aulas de culinária, da música às histórias, hoje podemos contar com lugares que oferecem atividades infantis durante as férias escolares. Muitas cidades disponibilizam shows infantis e colônias de férias, que são sempre uma boa pedida para crianças. Organizadas por pessoas responsáveis, incentivam brincadeiras saudáveis e em contato com a natureza. Podem ocorrer em diversos clubes, parques, academias e até em escolas. Nelas podemos encontrar passeios ecológicos, jogos, atividades artísticas, gincanas, teatros, etc. Algumas colônias ajudam na proximidade entre pai e filho e promovem gincana onde um depende do outro para realizar as tarefas. Esse tipo de atividade é muito legal para pais de adolescentes ou crianças de gênio um pouco mais rebelde. 

Estimule seu filho a brincar ao ar livre, a praticar atividades físicas e estar rodeado de amigos novos. Isso não ajuda só a ter uma vida saudável, como também a desenvolver a socialização dele, deixando a timidez e a rebeldia de lado. Mas não se esqueça de reservar um tempinho para ficarem juntos. Cinema, preparação de doces, passeio ao zoológico no final de semana, tomar sorvete, jogar videogames etc. E uma dica gostosa e divertida é contar histórias com fantoches, assim já influencia a criança a gostar e ter intimidade com os livros. Então procure no jornal local de sua cidade ou se informe na internet sobre as atividades disponíveis neste período e leve seu filho para brincar e se divertir na folguinha que ele tem dos estudos.

Fonte: Coisa de Mãe

 

Related posts

Confiram como foi a 23ª Feira do Livro da Trilhas!

Nossa 23ª Feira do Livro, que aconteceu no sábado, dia 22/9, foi um sucesso! O dia estava lindo, muitas famílias presentes para acompanhar a programação cheia de atividades! O evento contou com espaços para as turmas apresentarem seus livros coletivos, compra e troca de livros e gibis, contação de histórias, leituras dramáticas pelos 5º anos

Leia Mais

Alunos e alunas vivenciam uma visita à Feira

A nutricionista Graziela Carrão, responsável pelo Setor de Alimentação e Nutrição da Escola Trilhas, realizou uma atividade com as turmas do Infantil V para enriquecer as conversas sobre o projeto que este nível desenvolverá no Simpósio Criança, Mídia e Consumo: ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL. A ideia de “ir à feira com a Grazi” foi para criar uma

Leia Mais

Atenção! o Tamanduá-Bandeira corre risco de extinção.

As turmas dos infantil VI (Peixe Boi e Tamanduá-Bandeira) estão investigando animais que correm risco de extinção. Acompanhe abaixo o texto coletivo produzido pelas crianças, com a ajuda das Professoras Renata e Karen. “Você conhece o Tamanduá-Bandeira? Ele é um mamífero que vive no cerrado e se camufla nos matos maiores. E mesmo conseguindo se

Leia Mais