Crianças e adultos são convidados a desenterrar seus trecos e cacarecos em busca de renovação, convivência e diversão. O espírito da feira, como o próprio nome diz, é a troca! Passa longe do consumo e tem por objetivo fazer circular o que não está sendo usado. A ideia é ressignificar os objetos, valorizar a negociação e a busca de acordos que satisfaçam a todos.

Um caminhãozinho que há muito estava esquecido, revela-se uma grande novidade para outra criança. Um velho vaso pode ser trocado por um colar, um rádio por um livro. Entre todas as trocas, a mais gratificante é a troca de sorrisos, conversa e energia que se promove em experimentar um pouquinho do prazer de uma vida mais simples.

A feira acontece no bosque da Trlhas e os pais são convidados a levar toalhas e cangas para estender no chão e colocar seus pertences em exposição.

Posts relacionados

Dia das Mães

MÃES As mães não inventaram o Dia das Mães, o comércio inventou o Dia das Mães. As mães inventaram o colo carinhoso, o beijo lambuzado de sorvete, o abraço cheio de areia e barro, as mãozinhas sujas de tinta em seu vestido novo. As mães inventaram o doce olhar lacrimoso no dia do casamento do

Leia Mais

Ações sustentáveis da Trilhas

Quem faz ou já fez parte da comunidade trilheira, sabe que ensinar nossos alunos e alunas a gerir com responsabilidade os recursos naturais da Terra, é uma atitude que está no topo da lista de prioridades da escola. Ao longo dos anos, várias iniciativas e mudanças na rotina e procedimentos da escola são exemplos de

Leia Mais