trilhas-dia-mundial-da-alfabetizacao-2015-banner-site-pre

Dia 8 de setembro foi declarado como Dia Mundial da Alfabetização em 1967, pela ONU e pela UNESCO. O objetivo era despertar a comunidade internacional para a questão do analfabetismo no mundo.

A estimativa é de que, no mundo, existam cerca de 880 milhões de adultos que não sabem ler nem escrever, que não têm a alfabetização básica, que seria quando uma pessoa sabe ler, escrever e conhece as principais regras de cálculo.

No entanto, à esse número é preciso somar alguns milhões de “analfabetos funcionais”, pessoas que sabem ler e escrever uma frase simples, mas não sabem preencher um formulário, interpretar um artigo de jornal ou usar a matemática em seu benefício no dia a dia.

O pedagogo brasileiro Paulo Freire foi um estudioso da Alfabetização e criou, inclusive, um método de alfabetização de jovens e adultos, pelo qual tornou-se conhecido no mundo inteiro. Para Freire, “a alfabetização é mais, muito mais, que ler e escrever. É a habilidade de ler o mundo, é a habilidade de continuar aprendendo e é a chave da porta do conhecimento”.

Lançamos aqui um movimento em homenagem a esta data: Convidamos nosso alunos para que façam doações de livros usados para as crianças da creche Mãe Solidária, que já recebe as doações de alimentos do projeto Trilha Solidária.

 

Confira o vídeo sobre a valorização da leitura na Trilhas!

Posts relacionados