Bronquiolite – O que é necessário saber?

tosse3

 

A bronquiolite é uma doença respiratória aguda que provoca chiado no peito em crianças menores de 2 anos de idade. Os principais causadores da bronquiolite são os vírus respiratórios, que atacam principalmente no outono e inverno.

Junto com o chiado no peito, podem vir a tosse e a dificuldade para respirar. Em muitos casos, os bebês melhoram espontaneamente entre 5 ou 7 dias. Porém, em casos mais graves, quando a dificuldade respiratória é muito intensa, pode ser necessária internação hospitalar. São mais sensíveis ao quadro mais grave da doença os bebês prematuros, com baixo peso, com doença cardíaca congênita ou algumas outras doenças crônicas como Síndrome de Down e Doença Pulmonar da Prematuridade.

A bronquiolite é a causa mais frequente de internação hospitalar no primeiro ano de vida. Os vírus respiratórios são transmitidos por contato direto com secreções respiratórias, ou mesmo pelo contato com as mãos de pessoas contaminadas ou objetos. Muitos vírus respiratórios têm a facilidade de viajar pelo ar a partir de saliva e de espirros. Ou seja, onde circula uma pessoa doente, espirrando e tossindo, muitos locais podem estar contaminados, como, por exemplo, maçanetas, mesas, teclados, etc.

Dependendo do tipo de vírus, a bronquiolite pode vir associada a faringites, amigdalites, conjuntivite viral ou laringite aguda.

Em casos especiais, é possível usar uma medicação preventiva, indicada especialmente em bebês muito prematuros. Este medicamento, o Palivizumabe, já é fornecido em alguns estados brasileiros, desde que exista indicação correta.

Se seu filho tem quadros de tosse e chio de repetição, procure seu pediatra ou pneumologista para uma avaliação especializada.

Alguns cuidados para reduzir o risco de bronquiolite:

• Evite ambientes fechados e aglomerações;
• Evite creches e escolinhas para bebês menores de um ano;
• Lave as mãos com frequência;
• Sempre lave as mãos ao chegar em casa;
• Sempre lave as mãos antes de ter contato com bebês pequenos ou prematuros;
• Evite contato de pessoas resfriadas ou gripadas com bebês menores de 2 anos;
• Faça a vacina da gripe (Influenza) anualmente.

 

Uma contribuição da Dra Lorena X. Costa Brzezinski
Pneumologia pediátrica
Dados adaptados do Departamento Científico de Pneumologia da SBP
Clinica Life Center – 3353-4433

 

Related posts

Confiram como foi a 23ª Feira do Livro da Trilhas!

Nossa 23ª Feira do Livro, que aconteceu no sábado, dia 22/9, foi um sucesso! O dia estava lindo, muitas famílias presentes para acompanhar a programação cheia de atividades! O evento contou com espaços para as turmas apresentarem seus livros coletivos, compra e troca de livros e gibis, contação de histórias, leituras dramáticas pelos 5º anos

Leia Mais

Alunos e alunas vivenciam uma visita à Feira

A nutricionista Graziela Carrão, responsável pelo Setor de Alimentação e Nutrição da Escola Trilhas, realizou uma atividade com as turmas do Infantil V para enriquecer as conversas sobre o projeto que este nível desenvolverá no Simpósio Criança, Mídia e Consumo: ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL. A ideia de “ir à feira com a Grazi” foi para criar uma

Leia Mais

Atenção! o Tamanduá-Bandeira corre risco de extinção.

As turmas dos infantil VI (Peixe Boi e Tamanduá-Bandeira) estão investigando animais que correm risco de extinção. Acompanhe abaixo o texto coletivo produzido pelas crianças, com a ajuda das Professoras Renata e Karen. “Você conhece o Tamanduá-Bandeira? Ele é um mamífero que vive no cerrado e se camufla nos matos maiores. E mesmo conseguindo se

Leia Mais