Alexander Calder (1898 –1976) é o pai da arte cinética.  O artista inventou esculturas que se mexiam- os móbiles. Ao longo de sua vida, também criou um mini-circo, que apresentava a outros artistas e colegas. O circo era feito de materiais muito simples: arames, rolhas, pedaços de madeira e outras sucatas. Os pequenos bonecos realizavam incríveis performances.

Os alunos do 2os anos criaram personagens de circo inspirados na bailarina Fanni  (personagem do circo de Calder). Foi um processo longo que durou todo o trimestre. Inicialmente o boneco foi construído com jornal, depois realizamos a pintura e a confecção das roupas e adereços.

Aprecie as fotos e bom divertimento!

Related posts

Confiram como foi a 23ª Feira do Livro da Trilhas!

Nossa 23ª Feira do Livro, que aconteceu no sábado, dia 22/9, foi um sucesso! O dia estava lindo, muitas famílias presentes para acompanhar a programação cheia de atividades! O evento contou com espaços para as turmas apresentarem seus livros coletivos, compra e troca de livros e gibis, contação de histórias, leituras dramáticas pelos 5º anos

Leia Mais

Alunos e alunas vivenciam uma visita à Feira

A nutricionista Graziela Carrão, responsável pelo Setor de Alimentação e Nutrição da Escola Trilhas, realizou uma atividade com as turmas do Infantil V para enriquecer as conversas sobre o projeto que este nível desenvolverá no Simpósio Criança, Mídia e Consumo: ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL. A ideia de “ir à feira com a Grazi” foi para criar uma

Leia Mais

Atenção! o Tamanduá-Bandeira corre risco de extinção.

As turmas dos infantil VI (Peixe Boi e Tamanduá-Bandeira) estão investigando animais que correm risco de extinção. Acompanhe abaixo o texto coletivo produzido pelas crianças, com a ajuda das Professoras Renata e Karen. “Você conhece o Tamanduá-Bandeira? Ele é um mamífero que vive no cerrado e se camufla nos matos maiores. E mesmo conseguindo se

Leia Mais