Aniversário do Vinicius de Moraes – 19/10

Texto extraído da antologia de Vinicius de Moraes, poesia completa e prosa” da editora Nova Aguilar – Rio de Janeiro, 1998 (pág. 451.)

Soneto de aniversário

Rio de Janeiro

Passem-se dias, horas, meses, anos
Amadureçam as ilusões da vida
Prossiga ela sempre dividida
Entre compensações e desenganos.

Faça-se a carne mais envilecida
Diminuam os bens, cresçam os danos
Vença o ideal de andar caminhos planos
Melhor que levar tudo de vencida.

Queira-se antes ventura que aventura
À medida que a têmpora embranquece
E fica tenra a fibra que era dura.

E eu te direi: amiga minha, esquece….
Que grande é este amor meu de criatura
Que vê envelhecer e não envelhece.

Rio de Janeiro, 1942.

 

Related posts

22 de março: vamos usar azul no Dia da Água?

Desde 1993, o dia 22 de março é considerado o Dia Mundial da Água. A data foi sugerida na Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, em 1992, como objetivo de despertar a população mundial sobre a importância da preservação hídrica para a sobrevivência de todos os ecossistemas do planeta. Assim, anualmente a

Leia Mais

Confiram imagens da nossa Feira da Troca 2019!

No sábado, dia 16/3, realizamos o primeiro evento do nosso calendário escolar: a Feira da Troca! Muitas famílias participaram, trazendo os mais variados itens para trocar e fazer escambo. As crianças entraram no clima e fizeram negociações, valorizando assim a ideia de que nem sempre é necessário gastar dinheiro para ter novos brinquedos. Confiram algumas

Leia Mais